Fies: Como conseguir sua vaga? Entenda aqui

O Fies é mais um daqueles programas do Governo Federal que tem como objetivo principal proporcionar acesso ao ensino superior para pessoas que não tenham condições de fazer o pagamento total das mensalidades. Será que você pode ter acesso ao Fies?

É uma opção interessante para as pessoas que por algum motivo não conseguiram aprovação para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) ou para o Programa Universidade para Todos (Prouni), diferente deles, no Fies o acadêmico precisará pagar pelo curso.

O que é o Fies

Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior, conhecido popularmente como Fies, é um programa criado em 1999 pelo Ministério da Educação (MEC). O Fies oportuniza que interessados em estudar tenham uma oportunidade em faculdades privadas, pagando uma taxa mensal para utilizar o sistema, mas amortizando o restante dos pagamentos só depois de formado.

Existem alguns requisitos para que você faça parte e tenha acesso ao Fies, como:

– Não ter concluído curso superior;

– Possui renda familiar mensal bruta, por pessoa, de até três salários mínimos;

– Participou de alguma das edições do Enem a partir de 2010;

– Obteve, pelo menos, 450 pontos na média das provas e nota acima de zero na redação.

Todos os anos milhares de pessoas buscam a inscrição do Fies, para realizarem o sonho de estudar.

Como se inscrever

Para ter acesso ao Financiamento Estudantil é preciso fazer um cadastro pela internet. O procedimento é muito simples, basta que você esteja enquadrado nas características exigidas pelo sistema. Confira o que você deve fazer:

– Acesse o site de inscrições do Fies; https://fiesselecaoaluno.mec.gov.br/usuario-login

– Vá em “Primeiro acesso? Clique aqui.” e faça o seu cadastro;

– Se já possui cadastro, preencha o CPF e a senha, marque a caixinha e clique em “Entrar”;

– Então você será informado se a sua nota permite participação no processo. Clique em “Prosseguir”;

– Preencha as informações exigidas no cadastro;

– Faça a confirmação pelo e-mail que será enviado ao endereço escolhido;

– Preencha corretamente os seus dados cadastrais;

– Em seguida, será o momento de um questionário. Por fim, clique em “gravar e prosseguir”;

– Informe a sua renda bruta individual;

– Preencha informações sobre seu grupo familiar;

– Selecione o seu Grupo de Preferência;

– Informe o seu estado, município e o curso pretendido;

– Então será o momento de escolher até 3 opções de cursos;

– É possível usar uma lupa para filtrar o curso ou a instituição desejados;

– Escolha uma das opção, então será levado para a página do curso;

– Confira os seus dados e digite o código de verificação, concluindo a inscrição.

Como solicitar aditamento

O procedimento de renovação do Fies é conhecido como aditamento. Existem dois modelos, o simplificado e o não simplificado. O primeiro acontece quando não existe nenhuma alteração para ser feita nas cláusulas do contrato de financiamento, já o segundo acontece quando existe alguma mudança. Veja como fazer:

– Acesse o site do SisFies; http://sisfiesaluno.mec.gov.br/seguranca/principal

– Preencha dos dados solicitados.

Se as informações não estiverem corretas, então o estudante deverá procurar a Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA).

Como consultar resultado

Infelizmente nem todas as pessoas que fazem a inscrição para o Fies conseguem aprovação no cadastro, por isso é importante saber como consultar o resultado:

– Acesse a página oficial do Fies; https://fiesselecaoaluno.mec.gov.br/usuario-login

– Faça o login com senha e e-mail cadastrados;

Outra alternativa é procurar a instituição de ensino onde fez o cadastro, para conferir se foi aprovado ou não.

Na modalidade de juro zero, aqueles que não tiveram o pedido deferido serão inclusos na lista de espera.

Os aprovados pelo P-Fies deve conferir o resultado com os agentes financeiros operadores de crédito. E não esqueça de conferir os trâmites junto as instituições de ensino superior.

Como emitir o boleto do Fies

Passado todo o processo de cadastro do Fies, já com a bolsa de estudos conquistada e a possibilidade de fazer um curso superior, é preciso começar a emitir os boletos. Existem dois tipos:

– Modalidade I do Fies (para renda de até 3 salários mínimos): taxas bancárias e seguro de vida;

– Modalidades II e III do Fies (para renda de até 5 salários mínimos): taxas mais juros e seguro de vida.

Depois de formado, haverá um prazo de carência e a partir disso será o momento para pagar pelo financiamento. As parcelas podem ser quitadas dentro de 14 anos.

E se você precisa emitir a segunda vida do boleto, deve fazer isso:

– Acesse a página da Caixa; https://www3.caixa.gov.br/fies/asp/boleto/boletoonline2.asp

– Informe seu CPF, data de nascimento e Código Verificador;

– Clique em “INICIAR OPERAÇÃO”.

Pronto, terá acesso ao documento atualizado para a realização do pagamento.

Como cancelar o Fies

O Fies é uma boa alternativa para conseguir pagar a faculdade e confirmar uma profissão, o que pode mudar a sua perspectiva de vida. Só que algo de novidade poderá acabar surgindo e então aparece a necessidade de cancelar o Fies. Se os seus planos mudaram, veja o que deve ser feito:

– Acesse o site do SisFies; http://sisfiesaluno.mec.gov.br/seguranca/principal

– Informe o seu CPF e a senha;

– Clique em “Encerramento”, alternativa que fica no centro da tela;

– Vá em “Aditamentos Disponíveis”;

– Clique em semestre disponível, em “Referência;

– Selecione uma das opções para encerramento;

– Confirme a alternativa escolhida para pagar as parcelas restantes.

Se você ainda está pensando em fazer uma graduação, mas não tem grana para pagar as mensalidades na íntegra, o Fies é uma ótima escolha. Siga o cronograma de maneira correta, faça a sua inscrição e realize os outros procedimentos. Para fechar, boas aulas!