Spirulina, de seu nome científico Spirulina Arthrospira Platensis, é uma cianobactéria filamentosa de cor azul verde.

Tem a forma de uma espiral e muitas vezes (erroneamente) é considerada como uma alga. Seus benefícios para a saúde lhe renderam popularidade internacional. Pode ser encontrado na forma de pó, glitter, comprimidos ou cápsulas.

Esta substância é considerada um superalimento por causa de suas propriedades nutricionais únicas no mundo. É uma das melhores fontes de proteína vegetal disponível, além de ser uma fonte excepcional de ferro.

Rico em minerais e vitaminas essenciais, é um alimento que hoje é preferido para combater a desnutrição em todo o mundo.

Esta cianobactéria tem uma composição nutricional única, composta por muitos elementos essenciais para o corpo.

É uma fonte bastante completa de proteína vegetal, pois contém entre 60 e 70% de proteína e vários aminoácidos essenciais. E essas proteínas são altamente digeríveis pelo organismo humano.

A espirulina também contém várias vitaminas, dentre as quais as vitaminas A, E, D, K, B1, B2, B3, B6, B8, B9 e B12.

Acompanhe a leitura desde artigo e acompanhe algumas informações passadas pela nutricionista Manuela Jobst.

Como atua no organismo?

Devido ao seu conteúdo antioxidante, ele aumenta o sistema imunológico e o mantém em forma.

Isso também significa que tem um bom impacto na luta contra o envelhecimento celular. Também teria um papel na redução de certos sintomas alérgicos (como rinite).

O colesterol ruim tende a diminuir com o consumo de espirulina. Pesquisas nessa área mostraram sua eficácia em comparação com placebos.

Há também um impacto positivo na pressão arterial, fadiga (aumenta a energia e facilita a recuperação após uma sessão de ginástica) ou mesmo o peso – ajuda a reduzir o apetite.

Os sintomas do diabetes também são aliviados pelo consumo dessa algas. Reduz o açúcar no sangue e regula positivamente a insulina.

Benefícios

Podemos listar seus principais benefícios como:

  • Ajuda a restaurar o equilíbrio nervoso;
  • Reduz o estresse, o nervosismo e a ansiedade;
  • Luta contra a depressão;
  • Lute contra a insônia e promove o sono repousante;
  • Ajuda a se concentrar;
  • Promove funções cognitivas (memória, ressonação, concentração, decisão).

Como tomar

As dosagens e modo de uso podem variar de acordo com as necessidades e benefícios procurados. Alguns exemplos disso:

  • Como redutores de colesterol (redução do colesterol), uma dose de um a oito gramas por dia é eficaz;
  • Para o desempenho muscular, doses entre dois e 7,5 gramas por dia foram testadas;
  • Para o controle do açúcar no sangue, foram observados efeitos leves na dose de dois gramas por dia;
  • A pressão arterial pode ter sido influenciada por doses entre 3,5 e 4,5 gramas por dia;
  • Um efeito sobre o foie gras pode ser alcançado com uma dose de 4,5 gramas por dia;
  • A espirulina consiste em 20% de C-ficocianina e cerca de 1% de ficocianobilina. A faixa de dosagem de 200 mg/kg C-ficocianina.

Para mais informações sobre a spiruilina acesse o site https://olivre.com.br/saude/spirulina-beneficios/ e veja suas principais ações.